O Governo do Amazonas divulga nesta terça, Dia do Professor, que promoveu em nove meses cerca de 14 mil profissionais do magistério, por tempo de carreira ou por qualificação.

Essa ação faz parte das políticas de valorização da categoria da rede pública estadual, cumprindo as promoções horizontais e verticais previstas no plano de cargos, carreiras e remuneração da Secretaria de Educação (Seduc).

Com a promoção vertical, que é feita por qualificação e representa ganhos salariais de 12% em caso de especialização lato sensu, 50% para profissionais com mestrado e 55% para doutorado, foram alcançados 3.572 professores neste ano.

Atualmente, a rede estadual de ensino dispõe, em seu quadro de servidores, de 8 mil professores e pedagogos efetivos com algum nível de especialização.

A maioria das promoções foi feita com as progressões horizontais, alcançando 10.612 professores e pedagogos. Nessa categoria, são promovidos servidores que possuem tempo de serviço suficiente.

Parceria

Para alcançar esses números, o governo dispõe de parcerias com as principais universidades do estado.

Em julho deste ano, por exemplo, a Seduc teve 18 profissionais da rede estadual selecionados para mestrado em educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação, convênio entre a pasta e a Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Além desse programa, a Seduc planeja para 2020 novas parcerias com outras universidades do Amazonas para atender a todas as áreas da educação básica.

Dois dos convênios que já estão em andamento são com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e Ufam, para cursos de mestrado.