Manaus – O governador Wilson Lima inaugurou, nesta segunda-feira (05/10), a Delegacia Especializada em Combate à Corrupção (Deccor), da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM). Localizada no bairro Flores, zona centro-sul da capital, a unidade será responsável pela investigação, repressão e prevenção de crimes de corrupção praticados contra a administração pública, nas esferas estadual e municipal.

Na solenidade, Wilson Lima destacou que desde o início o Governo do Estado trabalha para garantir a aplicação correta dos recursos públicos, bem como para aumentar a capacidade de atendimento das polícias.

“Hoje, o que nós estamos fazendo aqui, com a inauguração dessa delegacia anticorrupção, é dando mais um instrumento importante para a fiscalização da aplicação desses recursos. A delegacia vai não só apurar e apresentar as denúncias à Justiça, mas vai auxiliar órgãos de controle, como é o caso do Ministério Público, do Tribunal de Contas do Estado e da própria Justiça, através de parcerias às quais o Estado do Amazonas está disponível para que efetivamente isso aconteça”, afirmou o governador.

A Lei nº 5.211/2020, que criou delegacia, foi sancionada pelo governador e publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) no mês de agosto. Desde então, a unidade vem sendo estruturada para oferecer um atendimento de qualidade à sociedade amazonense.

Segundo Wilson Lima, a criação da Deccor se alinha a uma política nacional de enfrentamento à corrupção. Ele também ressaltou outras parcerias com o Governo Federal na área de segurança pública.

“Resultado disso são os investimentos que o Governo Federal tem feito no estado do Amazonas, como o repasse de tecnologia, o repasse de armamento, o repasse de recursos e de outras estruturas que são importantes para que o Amazonas possa dar essa resposta contundente que a sociedade tanto necessita”, acrescentou.

Modernização – Para a delegada-geral da Polícia Civil, Emília Ferraz, a Deccor é um marco tanto para a instituição quanto para a população amazonense, pois chega em um momento de mudanças e modernização da polícia judiciária, marcado também pela intensificação de operações e dos trabalhos investigativos.

“Essa é a realização de uma agenda nacional, nosso governador do Estado foi extremamente feliz e receptivo com a ideia, fez a lei que hoje está sendo concretizada através da delegacia anticorrupção. Essa delegacia tem atribuições específicas e vai prestar um grande serviço à sociedade, que eu acho que é essa a nossa função aqui, como gestores, é prestar um serviço à sociedade”, pontuou Emília.

De acordo com o secretário de Segurança, coronel Louismar Bonates, a proposta é que a unidade se articule com outros órgãos de fiscalização para ações de repressão e também para investigações.

“Essa é uma delegacia que vem a acrescentar bastante no trabalho que a nossa população precisa, em cima desse grande mal que tem a administração pública, que é a corrupção. Essa delegacia vai ter olhos da mesma maneira para o corrupto e para o corruptor”, ressaltou.

Atuação – O titular da Deccor, delegado Guilherme Torres, possui uma vasta experiência na Polícia Civil, tendo atuado em municípios do interior do Amazonas, como Novo Airão, Urucará e Tabatinga.

Em Manaus, foi secretário da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop), diretor do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e delegado titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd).

Segundo Torres, a Deccor já começou a atuar. “Nós já estamos com investigações próprias, recebendo denúncias ou até mesmo investigando de ofício, porque quando a autoridade policial sabe de algum crime ela pode agir de ofício, instaurar inquérito policial se esse crime for de ação pública incondicionada”, explicou.

A Deccor funciona na avenida Professor Nilton Lins, Conjunto Parque das Laranjeiras, bairro Flores. As denúncias podem ser realizadas por meio do 181 ou pela site da Delegacia Interativa da PC-AM (www.delegaciainterativa.am.gov.br).

Fotos: Diego Peres/Secom