Presidente Figueiredo – Após a cassação do Prefeito Romeiro e seu vice, Mário Jorge Bulbol de Presidente Figueiredo, prestadores de serviço, funcionários e fornecedores fizeram protestos na porta da prefeitura por medo de não receberem pagamento aos serviços prestados.

A Corte do TRE entendeu que os titulares de mandato eletivo haviam utilizado em suas campanhas recursos provenientes de pessoa jurídica e de origem não identificada, cuja utilização é proibida por lei, contaminando, assim, mais de 80% do total de recursos financeiros arrecadados.