Ficha-suja: Aplicativo mostra que Omar é o político do Amazonas com mais processos; Veja lista - Portal CM7 - Notícias de Manaus e Amazonas
Manaus - Amazonas - 22:31
25 de Junho de 2019

Topo


Ficha-suja: Aplicativo mostra que Omar é o político do Amazonas com mais processos; Veja lista

Foto Divulgação



Manaus – Omar Aziz já foi vereador de Manaus, deputado estadual do Amazonas na década de 1990 e vice-prefeito da capital por duas vezes. Em 2002, tornou como vice-governador do estado, sendo reeleito para o cargo em 2006.

Em 2010, eleito o governador mais votado da história do Amazonas com quase 64% dos votos. Atualmente, Senador pelo Amazonas, presidente do PSD/AM e líder do partido no Senado Federal.

Só que hoje com tanto poder em suas mãos, Omar foi para os ‘maus caminhos’, sendo acusado de vários processos junto com a justiça e vivendo em escândalos na sua trajetória política.

Veja as denúncias:

O esquema criminoso montado para roubar dinheiro da saúde pública do Amazonas, alvo da Operação Maus Caminhos, que foi montado na gestão do ex-governador e hoje senador, Omar Aziz (PSD).

O senador Omar Aziz foi citado em delação premiada da enfermeira Jennifer Nayiara Corrêa da Silva, acusada na Operação ‘Maus Caminhos’ de compor uma organização criminosa que desviou mais de R$ 112 milhões da Saúde do Amazonas. Segundo ela, Omar seria beneficiário de propina.

Especialistas em articulações de bastidor, o senador e sua assessoria atuam para tirar o foco dele. Tudo indica, que a justiça Federal, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal não andam muito inclinados em se deixar levar pelas induções propostas por eles.

Omar já foi citado também em delações premiadas da Operação ‘lava-jato’, por executivos da empresa Andrade Gutierrez, onde pediu propina de R$ 20 milhões à construtora, alegando que a empresa tinha grande volume de obras no estado e que a verba seria usada para pagar despesas de campanha.

O delator afirmou que não era possível e Omar Aziz teria insistido de modo agressivo, aumentado o tom e afirmado que, se a propina não fosse paga, o governo estadual poderia “se vingar” da Andrade Guetierrez.

O Ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou abertura de inquérito para investigar o senador Omar Aziz (PSD-AM). Segundo as investigações, um empresário ligado a Aziz pedia pagamentos à Odebrecht quando ele era governador do Amazonas.

As investigações foram pedidas pela Procuradoria-Geral da República (PGR) com base nas delações premiadas de executivos e ex-executivos da Odebrecht.

Direito de resposta:

A redação entrou em contato com a assessoria do Senador do Amazonas Omar Aziz, através do número (61) 3303-6579 mas não deram, nenhum posicionamento. Deixamos o espaço para o direito de resposta.

Conforme a lei 13.188/2015, Art. Aclarando ao ofendido em matéria divulgada o resguardo a direito de resposta.

Gostou deste post?

Média / 5. Avaliações:

Deixe seu like:

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA