Manaus – O deputado Felipe Souza (Patriota) assinou, na Sessão Plenária desta quarta-feira (28), o requerimento convocando o dono da Dantas Transportes, o empresário Francisco Luiz Dantas da Silva, para explicar as denúncias de corrupção entre a transportadora e a Secretaria de Estado de Educação do Amazonas (Seduc).
Em seu aparte na Sessão Plenária, Felipe Souza disse que, embora o secretário Luiz Castro tivesse pedido sua exoneração da Seduc, é importante que o empresário que fez a denuncia venha prestar explicações, muito em função de suas declarações de que agentes públicos estariam recebendo “mensalinho” de até R$ 20 mil da empresa que é responsável pelo transporte escolar e que resultaram em representação do Ministério Público de Contas (MPC) contra o secretário de educação. “É preciso dar nome aos ‘Bois’, é preciso deixar as coisas às claras, é preciso provar o que se fala, é importante que essa Casa o convoque para prestar os devidos esclarecimentos”, disse.
Em depoimento prestado ao Ministério Público de Contas, o empresário Francisco Luiz Dantas da Silva, proprietário da empresa que tem contrato de mais de R$ 50 milhões com a Seduc, contou que rotas do transporte escolar no interior do Amazonas ficam com alguns prefeitos ou com as empresas de amigos que eles indicam, e fez menção a parlamentares com assento na Assembleia Legislativa que também fariam parte do esquema.
O empresário gravou depoimento em vídeo. Nem tudo consta na representação do procurador, mas os documentos de áudio e vídeo foram juntados à representação encaminhada aos demais órgãos de controle.