Esquerda pratica intolerância religiosa contra Michelle Bolsonaro por ser cristã; veja vídeo

Por Henrique em 4 de dezembro de 2021 às 14:32 | Atualizado 4 de dezembro de 2021 às 14:32 Esquerda pratica intolerância religiosa contra Michele Bolsonaro por ser evangélica: "Que nojo dessa raça"

Brasil – Após comemorar a aprovação do nome de André Mendonça na última quinta-feira (2/12), ex-advogado-geral da União, para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), a primeira-dama Michelle Bolsonaro se tornou alvo de intolerância religiosa depois de vibrar e orar nos corredores do Senado.

No vídeo, Michelle Bolsonaro reage com ‘glória a Deus’, ‘aleluia’ e pulos de alegria após aprovação de Mendonça ao STF. Evangélico, novo ministro comemorou ao lado da primeira-dama e de outros aliados do governo.

Nos comentários do vídeo compartilhado pelo jornalista Guilherme Amado, é possível ver milhares de comentários com o teor preconceituoso extremo, fazendo referência a raça e religião por parte da esquerda. Confira alguns prints.

 

 

 

Com informações via Gazeta Brasil

Deixe seu comentário