Brasília – Na manhã desta terça-feira (05), o endereço do senador Eduardo Braga (MDB) e do senador Renan Calheiros são alvos da Polícia Federal na operação Lava Jato em Brasília. Desde as primeiras horas estão sendo cumpridos mandados judiciais de busca e apreensão e medidas de sequestro de bens por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF). Em Manaus, ainda não se tem notícias de buscas.
 
A operação atende uma decisão do ministro Edson Fachin. A assessoria do senador informou em seguida, que Braga teria sido notificado para prestar depoimento. Essa fase da operação mira pessoas com foro privilegiado em razão de uma investigação em curso perante o STF.
 
 
Em instantes mais informações