Manaus – Nesta quinta-feira (28), a direção estadual do Partido Progressistas (PP), divulgou uma nota informando que está sendo analisado a expulsão do deputado estadual Dermilson Chagas do partido. 

De acordo com a nota, a representação contra o deputado foi pedida através de um outro filiado do partido que não teve o nome divulgado. 

Leia a nota na íntegra

Os dirigentes estaduais do Progressistas (PP) informam que receberam representação assinada por um de seus filiados exigindo a expulsão do deputado estadual Dermilson Chagas em razão de suas posições na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALEAM) declaradamente oposicionistas em relação ao Governo do Estado, contrariando o posicionamento dos demais membros do partido – os deputados Belarmino Lins, Álvaro Campelo e Mayara Pinheiro – que apoiam o Governo Estadual.

Os dirigentes informam, ainda, que, segundo a representação que está sob análise da direção estadual do Progressistas, o deputado Dermilson infringiu a orientação partidária na ALEAM ao se comportar como um opositor sistemático ao Governo no Poder Legislativo Estadual.

Comissão Provisória Estadual