Em reunião do diretório estadual do Partido dos Trabalhadores no Rio Grande do Sul no último dia 28, o vice-presidente do PT Nacional, Alexandre Padilha, e o presidente do PT-RS, Pepe Vargas, conclamaram a militância a participar de um movimento de resistência que terá como marco inicial o dia 13 de janeiro, Dia Nacional de Mobilização.

Porto Alegre irá receber militantes a partir do dia 20 de janeiro, quando será instalado um acampamento do MST e a cidade irá recepcionar a chegada de caravanas de diversos municípios e estados, às vésperas do julgamento do ex-presidente Lula, marcado para o dia 24 de janeiro, no TRF-4.

Já no dia 22, juristas brasileiros e estrangeiros de renome realizarão um grande debate público com o objetivo de discutir o processo movido contra Lula.