Manaus – Nesta quinta-feira, 08, o deputado federal Capitão Alberto Neto (Republicanos/Am), usou a sua rede social para fazer graves denúncias, onde diz que atualmente há funcionários do Bradesco utilizando os serviços do Hospital de Campanha da Prefeitura que, por questões burocráticas do próprio plano, não puderam ser atendidos nos hospitais Samel.

E o Hospital Adventista que apesar de ser um hospital filantrópico e possuir diversos incentivos fiscais, está comentando abusos econômicos chegando a cobrar até R$ 100.000,00 para o tratamento de pacientes com Covid-19.

O deputado verificou essa situação durante a visita do ministro da Saúde, Nelson Teich, no Hospital de Campanha da Prefeitura, na segunda-feira (4).