Manaus (AM) – A #Onda22 ganha cada vez mais força na campanha eleitoral pela prefeitura de Manaus. Na última terça-feira, 20, Alfredo Nascimento, candidato pela coligação “Trabalho bom merece continuar” esteve no bairro Betânia, na zona Sul, e também no recém-inaugurado conjunto Cidadão Manauara 2, no bairro Santa Etelvina, na zona Norte. O candidato caminhou acompanhado de sua vice Conceição Sampaio, falou com jovens sobre o programa Primeiro Passo e garantiu que irá dar continuidade à política habitacional do seu principal apoiador, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto.

Na avenida Adalberto Valle, na Betânia, a técnica em enfermagem, Karine Almeida, de 24 anos, conversou com o candidato sobre suas propostas e disse esperar que sejam implementados projetos para os jovens que querem se colocar no mercado de trabalho.

“É preciso olhar por quem busca o primeiro emprego e não tem experiência”, disse a jovem ao candidato.

Alfredo prontamente respondeu explicando sobre o projeto Primeiro Passo, que visa dar oportunidade de preparação para que os jovens adquiram a experiência para o primeiro emprego.

“Faremos parcerias com empresas para que treinem os jovens em estágios remunerados de seis meses a um ano. Dessa forma, eles chegarão ao primeiro emprego com a experiência necessária que o mercado tanto exige”, esclareceu.

Na zona Norte
Alfredo esteve reunido com os moradores do conjunto Manauara 2, onde apresentou seus projetos para a área de Habitação. O candidato exaltou todo trabalho feito pelo prefeito Arthur Neto nessa área e disse que continuará ampliando o número de moradias.

“Eu conheço todos os trâmites necessários em Brasília para conseguirmos recursos e darmos andamento nessa política habitacional implantada por Arthur. Vamos avançar mais ainda na construção de moradias populares”, disse Alfredo.

Morador do local, o bombeiro civil Nivaldo Gama entende que a continuidade do projeto de habitação é essencial para o povo manauara. “Isso é a satisfação do sonho realizado porque aqui moram muitas pessoas carentes que precisavam de dignidade. Eu espero que isso possa ser continuado e beneficie outras pessoas para que realizem também seus sonhos da casa própria”, disse o morador.