Com Rebecca Garcia (PP) no mesmo palanque, o deputado David Almeida assinou nesta quinta-feira o ato de filiação ao Partido Socialista Brasileiro (PSB). No evento que contou com, aproximadamente, 700 pessoas, que lotou uma casa de festa no conjunto Vieiralves, o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), contou com a presença de representantes de partidos como PT, PCdoB, Avantes, Pros, PR, Patriotas e DEM.

Depois de agradecer a acolhida do partido, que o desafiou a assumir a candidatura ao governo do Amazonas nas eleições deste ano, David reafirmou a Rebecca o compromisso de caminhar junto e aguardar a hora certa de decidir quem será a ponta da chapa majoritária. “Muitos tentam, muitos querem nos afastar, mas nós temos um compromisso e vamos até o final, minha amiga Rebecca”, agradeceu David.

Rebecca afirmou a David que eles têm tudo para caminhar junto nessa nova etapa que se inicia a partir da filiação do deputado ao PSB. “O deputado David tem se mostrado fazer parte dessa nova juventude política, que quer ver de fato o nosso país mudar. Nós temos tudo para caminhar juntos. Temos um acordo majoritário que vamos respeitar até o final”, disse a representante do PP.

A todos os representantes partidários presentes, David disse os convidou para o compromisso de marchar juntos neste ano, pela mudança e renovação do quadro político. “Se nós estivermos unidos verdadeiramente nessa eleição, o Amazonas vai fazer a virada nessa dinastia política que se reveza há mais de 30 anos”, disse David.

Em conversas com o partido desde o ano passado, David foi muito aplaudido e recebido com entusiasmo no local do evento. “Obrigado a todos pela calorosa acolhida. Tenho a honra de agora pertencer a esta agremiação partidária que, tem aqui no Estado do Amazonas, como seu representante, um dos homens mais conceituados, e sem dúvida alguma, um dos maiores expoentes da política amazonense, deputado Serafim Corrêa”, disse David.

A filiação de David teve presenças ilustres, como a do presidente nacional do partido, Carlos Siqueira, que veio a Manaus especialmente para o evento. “ É com muito orgulho que o PSB recebe David, um nome que representa honradez, renovação e compromisso com progresso”, explicou.

A adesão de David ao PSB também recebeu apoio dos deputados Abdala Fraxe e Francisco Souza (Podemos), Platiny Soares (PSL), Sinésio Campos (PT), Sabá Reis (PR), Augusto Ferraz (DEM). Eron Bezerra (PC do B), Henrique Oliveira (PROS) e Davi dos Feirantes (Avante) fizeram questão de declarar apoio à David.

O PSB é um partido que conta com 72 deputados estaduais espalhados pelos Estados brasileiros. Nas fileiras do executivo, a legenda tem três governadores. Em Brasília, pelo Senado Federal, a sigla tem quatro representante e na Câmara dos Deputados, atualmente, o PSB conta com 30 deputados federais.

PERFIL DAVID ALMEIDA
Natural de Manaus, nascido no dia 8 de fevereiro, David Antônio Abisai Pereira de Almeida é filho de Rosa Almeida e Benedito Almeida. Bacharel em Direito, David se interessou pela política em 2004 e em 2006 foi eleito deputado estadual pelo Partido dos Aposentados da Nação (PAN) com 7.569 votos na Coligação Amazonas Melhor (PTN, PSC, PAN e PTC).

Com um trabalho consolidado na capital e no interior, em 2010, David foi reeleito. No período de 2014/2015, assumiu a presidência da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) do Parlamento Amazonense.

No terceiro e atual mandato, conquistado nas eleições de 2014, pela Coligação (PROS, PSD, PSDB, PSC), assumiu a liderança do Governo no Poder Legislativo, além, da liderança do PSD, seu partido na época, e a 2ª vice-presidência da Casa, pelo período de 2015/2016.

Em dezembro de 2016, David foi eleito presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas para o biênio 2017/2018. Assumiu a chefia do parlamento estadual no dia 1º de fevereiro de 2017. No dia 9 de maio de 2017, após a cassação do ex-governador José Melo, David assumiu interinamente o Governo do Amazonas, e durante 144 dias de trabalho intenso deixou como legado: eficiência, transparência e celeridade na solução dos principais problemas vividos no Estado.