Brasília- O grupo de hackers Anonymous Brasil vazou, na noite de segunda-feira (1), dados pessoais do presidente Jair Bolsonaro, seus filhos Carlos e Eduardo, além de diversos apoiadores como o empresário Luciano Hang e a ativista Sara Winter. Os invasores publicaram as informações através do perfil deles no Twitter.

Entre os itens expostos apareceram números de telefone, documentos, endereços e dados sobre imóveis da família do presidente.

Também foram divulgados dados dos ministros da Educação, Abraham Weintraub; e da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves.

Aliados de Bolsonaro, como o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP), o empresário Luciano Hang, e a ativista Sara Winter também foram alvos.

Pelas redes sociais, o vereador Carlos Bolsonaro confirmou o fato e disse que os movimentos contra o governo justificam seus crimes sob a desculpa e “combater o mal”. O parlamentar ressalta que “medidas legais” serão tomadas.

Fonte Conexão Política

Tags: , , , , ,