Manaus – Neste sábado (12), uma denúncia grave foi enviada com exclusividade para o Portal CM7, apontando um crime eleitoral cometido pela ex-candidata a deputada Rosana Frota, que todos os anos troca de partido e de candidato, e agora passou a usar de forma desesperada, sem autorização, o nome do pré-candidato a prefeito de Manaus, David Almeida. Ela foi vista distribuindo cestas básicas. Em um momento do vídeo Rosana Frota manda até fazer fila para receber as cestas, o que caracteriza clara compra de votos em período de pré-campanha.

Em vários vídeos é possível acompanhar o momento em que Rosana Frota (sem partido), oferece ranchos como moeda de troca e ainda aponta o milagre da multiplicação de cestas no discurso.

Rosana faz questão de explicar como conseguiu multiplicar a doação, e na busca exagerada pela atenção do pré-candidato à prefeitura de Manaus, ela afirma que ele é o motivo de sua estadia ali, e que não deve ser esquecido.

Vale lembrar que o fornecimento contínuo de sopa, cestas básicas, patrocínio de cursos entre outros, com propósito de votos é crime eleitoral.

A Avante informou ao CM7 que Rosana não é filiada ao partido e que o partido não faz nenhuma ação de filantropia, por se tratar de crime eleitoral. O partido disse ainda que orienta os seus pré-candidatos a vereador para que não façam doações nem patrocínios, nem ofereçam outras vantagens.