Manaus – O deputado federal, vice-líder na Câmara e pré-candidato a prefeito de Manaus, Capitão Alberto Neto (Republicanos), reuniu-se com o presidente da República, Jair Bolsonaro, em um almoço nesta quarta-feira (16), em Brasília.

Na pauta, à Zona Franca de Manaus (ZFM) e a liberação de recursos federais para o Amazonas.

“Queremos gerar mais emprego e renda, oportunizando novos investimentos no Polo Industrial de Manaus (PIM), para que mais empresas de diversos setores possam firmar suas fábricas no modelo”, disse Alberto Neto.

O presidente aproveitou a oportunidade para reiterar a prioridade do Governo Federal em recuperar a BR-319 (Manaus-Porto Velho), para diminuir o tempo da logística dos insumos da ZFM e custos, tanto para os investidores, quanto para o consumidor final.

“O nosso direito de ir e vir depende dessa rodovia, afinal nossa saída atualmente é através dos rios ou por avião. O governo do presidente Bolsonaro está fazendo sua parte, com pavimentação de um trecho e com a licitação do ‘trecho do meio’ que corresponde a 405 quilômetros. É sabido o quanto a pavimentação da BR-319 é importante não só para Manaus, quanto para o Amazonas, para escoar também alimentos, barateando o custo destes nas cidades do estado e na capital”, complementou Neto.

O deputado alinhou pessoalmente com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas que garantiu que o lote C, da rodovia, também será licitado, pois está seguindo todas as diretrizes de responsabilidade ambiental.

Um dos projetos de lei do deputado federal e que hoje deve virar Medida Provisória (MP) também foi pautado, o conhecido “Margem dos 5%” e o presidente se comprometeu em assinar a MP que garantirá, nesse período de pandemia, empréstimos com juros mais baratos para aposentados.