Cachaça na cabeça faz David Reis contratar a própria tia e corre o risco de ser cassado por nepotismo

Por jornalista10 em 23 de fevereiro de 2021 às 19:45 | Atualizado 23 de fevereiro de 2021 às 19:48

Manaus (AM) – Mais um escândalo é tirado dos bastidores da política manauara e exposto para toda a sociedade. Uma denúncia mostra que David Reis iniciou o mandato como Presidente da Câmara Municipal de Manaus presenteando seus entes queridos, e contratou a tia para um cargo comissionado com o gordo salário de mais de R$10 mil, ou seja, praticou Nepotismo.

Eleito por unanimidade no dia 1 de Janeiro deste ano, o vereador, representando os nossos representantes, tentou lesar todos logo após conquistar o título de presidente da CMM. No mesmo dia, David Reis nomeou a tia, Aldenizia Rodrigues Valente, ao cargo comissionário de Contadora do Legislativo Municipal.

Ao ser questionada sobre o sobrinho tê-la favorecido na câmara, Aldenizia diz que: “Eu sou graduada em contabilidade e pós-graduada em auditoria. Eu atuo dentro da minha área.”, ou seja, Aldenizia acha justo o fato de ter sido privilegiada pelo sangue que tem.

Ouça os áudios:

A mesma ainda admite que sim o cargo é comissionado, e ainda permanece com a conduta esnobe simplesmente, porque segundo a mesma, “é um cargo que exerço com mesmo nível de estudo.”

O fato de que Aldenizia pode ter capacidade para exercer o cargo de contadora da Câmara Municipal de Manaus, não anula o outro fato de que David Reis usou do poder para beneficiá-la diretamente.

Todo este escândalo pode resultar em uma investigação do Ministério Público Eleitoral do estado, e o vereador David Reis pode ter o mandato cassado.

 

Deixe seu comentário