Bolsonaro defende pena ainda maior para discriminação LGBT
Manaus - Amazonas - 04:49
24 de Julho de 2019

C/S PI 5577 - EFTIVAÇÃO DE MIDIA/BANNER / CAMPANHA NOVAS MEDIDAS - FASE I / SECOM / PORTAL CM7


Bolsonaro defende pena ainda maior para discriminação LGBT


São Paulo – Em entrevista ao Jornal Nacional, já eleito, Jair Bolsonaro foi questionado por Renata Vasconcelos sobre as questões de cunho LGBT, citando frases descontextualizadas de Bolsonaro. Disse ela: “Na campanha, o senhor repudiou o voto de quem usa a violência. Como presidente eleito, o que o senhor diria para aqueles que ousem ser preconceituosos e agressivos com outros seres humanos apenas por serem gays? ”Bolsonaro respondeu: “A agressão contra um semelhante tem de ser punida na forma da lei. E se for por um motivo como esse, tem que ter sua pena agravada.” Bolsonaro, embora sempre questionado e atacado com o rótulo de homofóbico, vem respondendo desde um bom tempo que suas críticas sempre foram relacionadas ao chamado ‘kit gay’, o qual tentaram esconder durante a campanha de seu adversário Fernando Haddad.

 

Fonte: com informações do portal Curitiba

 

Deixe seu like:

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA