Manaus – A recuperação da economia do Amazonas no período pós-pandemia do coronavírus, bem como a criação de estratégias para injetar recursos nos setores comercial, industrial e de prestação de serviços, foi discutida hoje (19) na sessão virtual da Assembleia Legislativa do Amazonas.

O deputado estadual Fausto Jr. disse que o Estado precisa se preparar para a segunda crise mundial de 2020, dessa vez envolvendo o setor econômico. “Estamos enfrentando a crise na saúde. A próxima crise será a econômica, que também atingirá todos os países”, avaliou Fausto Jr.

Na tentativa de reaquecer a economia do Amazonas, o deputado sugeriu a criação de um modelo de investimento para micros e pequenos empresários e produtores rurais, a ser executado pela Agência de Fomento do Amazonas (Afeam).

O deputado sugeriu que o Governo do Estado avalie tecnicamente sua capacidade orçamentária para novos investimentos e, com auxilio da Afeam e da secretaria da Fazenda (Sefaz), viabilize linhas de crédito especiais aos micros e pequenos empreendimentos.

A estratégia, segundo Fausto, reaquecerá setores beneficiados com a linha de crédito, como prestadores de serviços, atacadistas, varejistas e produtores rurais. “Precisamos reaquecer a economia, garantindo a geração de empregos e oportunidades de negócios na capital e interior do Amazonas”, acrescentou.

O deputado argumentou que o governo não precisa esperar o fim da pandemia do coronavírus para colocar em prática injeção de ânimo na economia. “Precisamos sair na frente, ficar preparados para apoiar nossos empresários e gerar empregos para nosso povo”, completou Fausto.