Manaus – Alfredo Nascimento comemorou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de suspender a privatização das empresas do setor elétrico, entre elas a Amazonas Energia, sem que haja autorização expressa do Congresso Nacional.

Alfredo sempre se posicionou contra a privatização da Amazonas Energia por entender que isso traria sérios prejuízos para os amazonenses, que pagariam de imediato mais caro pela energia elétrica.

Com a privatização teríamos também o fim do programa Luz Para Todos, demissão em massa de funcionários da estatal e não teríamos mais investimentos da empresa no Amazonas”, justificou Alfredo.

O parlamentar amazonense garante que neste ano de eleição, será impossível o Congresso votar a autorização para a venda da empresa. “Não haverá privatização”, afirma Alfredo.