Vigilante reage assalto a mercadinho e é morto com vários tiros no Amazonino Mendes

 

O vigilante Joel Silva Neves Filho, de 43 anos, foi executado na noite deste sábado (29), no bairro Amazonino Mendes , zona Leste de Manaus. A família acredita que o crime tenha sido um latrocínio.

Segundo o relato da esposa, Lady Assis, 40, Joel estava trabalhando em um mercadinho quando dois homens, ainda não identificados, chegaram a pé no local, por volta das 19h30min, anunciando o assalto. O vigilante que estava na porta do estabelecimento não teve tempo de reagir e foi atingido por vários tiros.

A família disse ainda que, logo após a execução, os criminosos teriam fugido a pé, sem deixar qualquer pista.

“Os assaltantes pegaram ele logo na entrada do mercadinho. Não sei dizer se ele reagiu ou não. Só me falaram que eles atiraram e isso assustou outros trabalhadores do estabelecimento, que baixaram as portas antes dos criminosos entrarem. Ainda levaram o celular, dinheiro e outros pertencem do meu marido, o que reforça a suposição de latrocínio”, relatou Lady.

As imagens da câmera de segurança do estabelecimento comercial e de residências próximas serão solicitadas para que os suspeitos possam ser identificados. O caso foi registrado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Até a manhã de hoje (30), familiares aguardavam a liberação do corpo pelo Instituto Médico Legal (IML).

ver mais notícias