Manaus – A equipe de investigação da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA) cumpriu, na manhã de terça-feira (6), mandado de prisão preventiva, por estupro de vulnerável, em nome de um vigia de 38 anos. Os policiais civis efetuaram a prisão na casa do indivíduo, situada no bairro Educandos, zona sul da capital. A vítima é uma menina de 10 anos.

Conforme a equipe de investigadores da DEPCA, o abuso sexual ocorreu no dia 31 de maio deste ano. Na ocasião, a vítima brincava na rua, perto da residência do infrator, quando o homem a convidou para ir até o imóvel, prometendo dar R$ 20 à criança.

Quando chegaram ao local, o vigia, que trabalha em uma feira, amarrou a vítima e consumou o delito.

De acordo com servidores que atuam na DEPCA, o infrator é conhecido do pai da vítima e mora perto da casa da avó paterna da criança. A prisão ocorreu na casa dele, no beco Vista Bela, bairro
Educandos, zona sul de Manaus, por volta das 8h15.

Conduzido ao prédio da especializada, o infrator foi indiciado por estupro de vulnerável. Ao término dos procedimentos cabíveis, ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), localizado no Km 08 da rodovia federal BR-174, onde irá ficar à disposição da Justiça.