Uma câmera de segurança registrou uma das vítimas do ataque ao ator Rafael Henrique Miguel e sua família caindo na rua após tiros no domingo (9) na Zona Sul de São Paulo. Pelas imagens não é possível identificar qual é a vítima que aparece ferida.

O jovem Rafael Henrique Miguel, de 22 anos, e seus pais foram assassinados a tiros pouco antes das 14h do domingo, na Estrada do Alvarenga, no bairro da Pedreira. O comerciante Paulo Cupertino Matias, pai da namorada do jovem, é o principal suspeito do crime.

No vídeo é possível ver o carro da família chegando e depois uma das vítimas caindo no chão ao lado do Renault Kwid vermelho, que aparece no canto esquerdo das imagens.

As gravações mostram ainda a chegada da Polícia Militar cerca de cinco minutos depois do crime. Antes disso, há uma grande movimentação de vizinhos pela rua. As imagens já estão com a Polícia Civil, que analisa o conteúdo dos vídeos.

 

Pai não aceitava namoro

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), Rafael foi até a casa de sua namorada Isabela Tibcheran, de 18 anos, acompanhado de seus pais, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50.

Quando chegaram na porta da casa, foram surpreendidos pelo pai de Isabela, que estava armado. Após atingir os pais do rapaz e Rafael, o autor dos disparos fugiu.

Na noite desta segunda-feira (10), a namorada do ator e a mãe dela, Vanessa Tibcherani, prestaram depoimento.

O advogado de Isabela, Eliton Lima dos Santos, disse que o pai de Isabela é agressivo e não aceitava o namoro de mais de um ano com Rafael.

“Ela foi tanto vítima quanto a família do Rafael. Ela não estava sabendo de nada. O pai dela não aceita o namoro dela. Simplesmente isso. Nunca aceitou e não concordava.”

Rafael interpretou o personagem Paçoca na novela “Chiquititas” e trabalhou no comercial em que uma criança pede brócolis à mãe. Ele também atuou em novelas como “Pé na Jaca”, “Cama de Gato” e o especial de fim de ano “O Natal do menino imperador”.