Brasil – Um homem entrou por volta de 5h30 num ônibus da linha Jardim de Alcântara (São Gonçalo) – Estácio (Centro do Rio). Ele usava uma arma de brinquedo e levava gasolina.

Depois de 3 horas e meia, às 9h02, o homem desceu do veículo, foi baleado por atiradores de elite, e morreu.

Ao todo, havia 37 pessoas no ônibus. Seis reféns — 4 mulheres e 2 homens — já haviam sido liberados no momento em que o sequestrador foi baleado; nenhum refém se feriu

O trânsito foi bloqueado nos dois sentidos da ponte; às 8h30, Rio tinha 81 km de congestionamento; às 9h, os acessos estavam liberados para que carros parados na ponte pudessem retornar na contramão

Não se sabe o que motivou a ação do criminoso

Fonte: G1