Manaus – Neste domingo (9), após denúncia anônima, foi encontrado o corpo de uma mulher dentro de uma caixa, na avenida Cecília Meireles, bairro Ponta Negra, zona Oeste de Manaus.

Ao adentrar a área de mata, os policiais constataram que não se tratava de um corpo esquartejado, como foi informado anteriormente, e sim que a vítima havia sido morta por asfixia. De acordo com informações da polícia, a mulher foi morta em outro local, e foi deixada no matagal há aproximadamente oito horas. Ao lado do corpo, havia um bilhete afirmando que ela teria assassinada por ser informante de uma facção criminosa.

Veja o vídeo:

Em busca de reconhecimento, o Delegado da 19º Companhia Interativa Comunitária (Cicom), Luiz Rocha afirma que se trata de “um corpo do sexo feminino, de aproximadamente 40 anos, com uma tatuagem no pulso direito escrito Rosa e uma no pescoço, do lado esquerdo, escrito Deivison. Quem tiver algum parente desaparecido com essas características, pode procurar a delegacia”.

O Instituto Médico Legal (IML) esteve no local para a remoção do corpo. A Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS) deve investigar o caso.