Manaus – Por volta das 3h da madrugada desta sexta-feira (24), a travesti Leandro de Souza Pereira, de 29 anos, foi brutalmente assassinada, em frente à casa onde morava, na rua da Paz, comunidade Santa Luzia, zona Sul da capital amazonense.

Foto: Reprodução

Testemunhas informaram que a vítima teve a casa invadida por um grupo de criminosos que a agrediu. Ao tentar fugir dos bandidos, ela foi alcançada e acabou morta a pauladas.

As principais suspeitas do crime são duas: a de que o crime tenha sido arquitetado pelo próprio irmão de Leandro, identificado como ‘Dinho’, com quem a vítima tinha uma briga na Justiça por uma herança dos pais desde o ano de 2014; e a de que ele foi assassinado por ser conhecido na área onde morava por causar confusões, como mexer com quem não devia ou como uma vez em que ameaçou um vizinho com um gargalo de garrafa, de acordo com informações de moradores.

A polícia trabalhará com as duas linhas de investigações, principalmente porque a tia de Leandro esteve no local e afirmou que o irmão dele seria capaz de ser o mandante do crime, segundo informou uma moradora.

Foto: Divulgação