Traficantes do PCC atiram contra policiais militares no Centro de Manaus e acabam presos

O foragido da Justiça Isaac Braga Silva, 33, e Leandro Cabral da Cunha, 26, 

Os três que aparecem nas fotos que você vê aqui nesta matéria atiraram contra policiais militares que patrulhavam o Centro de Manaus, por volta das 20 horas desta quinta-feira (20).

Perseguidos, acabaram presos. Os dois que aparecem com sangue no rosto resistiram à prisão. 

Segundo o cabo Godoy, por volta das 18h30, a dupla rendeu um comerciante de 27 anos, no momento que a vítima fechava uma loja de roupas, na Avenida Marechal Rondon. “Leandro era quem estava com o revólver. Eles pegaram a sacola da vítima, que estava com roupas e dinheiro. Antes de fugir, ainda atiraram em direção a loja da vítima”, disse.

Após conseguirem fugir do local, os dois suspeitos ainda atiraram contra uma equipe de patrulhamento a pé da PM, na Avenida Eduardo Ribeiro, também no Centro. Nenhum policial saiu ferido.

Leandro e Isaac foram presos por uma guarnição da 24ª Cicom, na Avenida Getúlio Vagas, em posse de um revólver calibre 38. Mas o dinheiro e as roupas levadas do comerciante foram levadas por outros comparsas dos suspeitos, que estavam em um carro preto dando apoio à dupla.

Os dois suspeitos foram levados para o 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde, até o fechamento desta matéria, prestavam depoimento sobre o crime.

Os dois pertencem à facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

 

Fotos: Divulgação

ver mais notícias