Manaus – A adolescente Aline Alves de 14 anos que foi encontrada morta dentro de casa, na rua Cunha Melo, bairro Petrópolis, Zona Sul de Manaus nesse domingo (6), foi estuprada e morta pelo tio, um técnico de enfermagem  Anderson Magno da Silva, de 40 anos.

De acordo com o delegado Paulo Martins, o tio atraiu a sobrinha sobre o pretexto de ir visitar a avó que está internada em uma UTI de um hospital.  

Na ocasião, o suspeito estava acompanhado da filha e da sobrinha. Após a visita ao hospital, ele deixou a filha na casa da mãe e seguiu com a sobrinha para sua casa.

Lá ele dopou a menina e estuprou. De manhã, ao ser detido pelos policiais da DEHS, ele mentiu dizendo que já encontrou a sobrinha morta na cama. Mas os policiais desconfiaram, e o suspeito acabou depois confessando o crime na delegacia.