Manaus – Um documento registra a entrada do bacharel em Direito Rafael Fernandes Rodrigues, 32, em Roraima, nessa segunda-feira (11/5). Ele preencheu um boletim epidemiológico, para controle de casos do novo coronavírus, ao chegar ao estado.

Rafael é o principal suspeito do assassinato da Miss Manicoré e finalista do Miss Amazonas, Kimberly Mota, de 22 anos. O corpo da modelo foi achado no apartamento de Rafael, no Centro de Manaus, nesta terça-feira (12/5). Investigações preliminares indicam que Kimberly foi assassinada no fim da tarde do último domingo (10/5).

Rafael, que era ex-namorado da vítima, é o principal suspeito do crime. Ele é considerado foragido. No documento que registra a entrada de Rafael em Roraima, o advogado informa que retornaria a Manaus depois do dia 20 deste mês.

A escrita dá a entender que ele voltaria no dia 26 de maio. Rafael informa, ainda, que o local de destino é ‘BV’, o que indicaria as iniciais de Boa Vista, capital de Roraima. O motivo da ida dele a Roraima seria, conforme o documento, ‘passeio’.

Tags: , , , ,