Manaus- Um jovem identificado como Alexandre Andrade Barroso, de 20 anos de idade, foi brutalmente assassinado com seis tiros no rosto por um suspeito ainda não identificado. O crime aconteceu durante a noite deste domingo(6), em uma casa alugada para eventos particulares, localizada na travessa 24, do bairro Japiim, zona Sul da cidade.

A 3ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) destacou que o local onde o crime aconteceu funciona todos os finais de semana sob o aluguel do imóvel, que é utilizado para realizar festas particulares. Neste domingo (6) a vítima consumia bebidas alcoólicas no segundo andar da residência quando foi surpreendido por um motociclista que chegou ao local e o executou com seis tiros no rosto.

Após o crime, o suspeito fugiu e até o momento ainda não foi identificado. Alexandre não resistiu aos ferimentos e morreu na hora. A polícia destacou ainda que o jovem já tinha envolvimento com o tráfico de drogas e por isso as autoridades não descartam a possibilidade de que o crime tenha sido consequência de um possível acerto de contas entre traficantes de facções rivais que disputam espaço pelo tráfico. 

Rapidamente, dezenas de amigos e familiares se amontoavam no local para acompanhar o trabalho da polícia e lamentar a morte do jovem. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) esteve na cena do crime já dando início ao processo de investigação do caso, e de explicar as circunstâncias da execução. 

Ainda no local, testemunhas informaram que a vítima já vinha sendo ameaçada de morte há alguns dias. O corpo de Alexandre foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) após o trabalho da perícia criminal que também foi feito na residência.