Manaus 27º
quarta-feira - 14 de julho de 2021

Rapper americano é morto com 64 tiros logo após deixar prisão em Chicago

Compartilhe

Mundo – O rapper americano KTS Dre foi morto com 64 tiros na noite do último sábado (09), logo após deixar um presídio em Chicago, nos Estados Unidos. O artista, que se chamava Londre Sylvester e tinha 31 anos, chegou a ser levado para o Hospital Mount Sinai, mas não resistiu e morreu uma hora depois de dar entrada na unidade de saúde. De acordo com o ”Chicago sun times”, KTS Dre fazia parte de uma das maiores facções criminosas dos EUA.

A polícia de Chicago informou ao noticiário local que dois carros pararam ao lado de KTS Dre enquanto ele aguardava do lado de fora da cadeia de Cook County, por volta das 21h, após sua namorada pagar uma fiança de US$ 5 mil (cerca R$ 25 mil). Os ocupantes dos veículos efetuaram 64 disparos contra o artista, que foi atingido na cabeça e no peito.

Segundo o jornal ”The sun”, KTS Dre foi preso em junho por violar termos de sua condicional. Em abril do ano passado, ele foi detido por carregar uma arma enquanto andava de carro em bairros de Chicago.

Em 2015, seu irmão, KTS Von, foi morto a tiros. Ele também era rapper.

Duas mulheres também ficaram feridas durante o ataque: uma mulher de 60 anos que acompanhava o rapper foi atingida por um tiro no joelho enquanto outra mulher, que passava no local, foi atingida de raspão por um dos disparos.

Deixe seu comentário