Preso homem que repassou informações para roubo de carga no valor de R$ 3 milhões, em Manaus

Manaus – Nesta quarta-feira (26), Eugênio Ferreira Lima Filho, 35, foi preso por envolvimento no roubo de uma carga de 4.356 microprocessadores, avaliada em mais de R$ 3 milhões.

De acordo com a Polícia Civil, o homem era funcionário de uma empresa de montagem de componentes e deu informações aos comparsas sobre a chegada do material. Três suspeitos do crime já foram presos. Confira: http://portalcm7.com/noticias/policia/bandidos-sao-presos-por-roubo-de-equipamentos-no-valor-de-r-3-milhoes-em-manaus/

Após a prisão da dupla, Felix informou que as equipes continuaram com as investigações e identificaram Eugênio como um dos envolvidos no crime. “O Eugênio dava informação privilegiada sobre a carga. Ela estava sendo importada pela empresa que ele trabalhava e ele sabia juntamente com um suspeito que trabalhava no aeroporto quando o material iria chegar”, disse Felix.

Um terceiro suspeito, que trabalhava no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes e também ajudou o grupo com informações sobre a carga, se apresentou na delegacia na terça-feira (25) e foi preso. Ele deve responder por roubo majorado e associação criminosa.
“O Eugênio e o homem que trabalhava no aeroporto passaram as informações para Widemar e Juan sobre o material e eles executaram o roubo junto com outro suspeito, que ainda estamos a procura. Durante o crime, eles usaram uma arma que ainda não localizamos”, comentou Felix.

O grupo vendeu o material por R$ 250 mil. Eugênio ficou com R$ 30 mil e outros R$ 10 mil foram repassados para o suspeito que trabalhava no Aeroporto de Manaus, por Widemar.

Eugênio foi preso após um mandado de prisão preventiva ser expedido em seu nome no dia 21 de julho. Ele deve responder pelos crimes de roubo majorado e associação criminosa. Após os procedimentos cabíveis na DERFD, ele deve ser encaminhado para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM)

ver mais notícias