Manaus – A polícia já prendeu o assassino da tia e do sobrinho encontrados mortos no último dia 4 de dezembro com as cabeças esmagadas dentro de casa, no conjunto Hileia, bairro Planalto, na Zona Centro-Oeste de Manaus. As duas vítimas, a idosa Arlete Almeida, 70, e o vendedor Alexsandro Matheus Araújo de Lima, 31, foram achados despidos e com violentas marcas de agressão no chão dos banheiros da residência.

O suspeito do crime foi identificado apenas como “Ângelo” por pessoas que o reconheceram pelas imagens das câmeras de segurança que foram divulgadas na imprensa pela polícia (assista aqui). De acordo com informações de policiais, “Ângelo” foi preso no município de Presidente Figueiredo, distante 117 quilômetros de Manaus, na região metropolitana da capital.

O delegado Orlando Amaral, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), não quis falar sobre a prisão e afirmou que só divulgará mais informações na segunda-feira (17), quando houver uma coletiva de imprensa. Até então, a polícia havia confirmado que o crime não se tratava de latrocínio, mas tinha motivações passionais, e que a idosa foi morta “por estar no local e hora errada”.

Fonte: Acritica