Manaus- O titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Paulo Martins, afirmou na tarde desta sexta-feira (4) que o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), não teve qualquer envolvimento no caso da morte do engenheiro da Ambev, Flávio dos Santos, que foi encontrado morto na última segunda-feira (30).

Flávio foi visto com vida pela última vez em um encontro de amigos na casa de Alejandro Valeiko filho da primeira-dama de Manaus e enteado do prefeito Arthur.

“Acredito que o prefeito não tenha nenhuma participação nesse crime”, comentou o delegado Paulo

O titular da DEHS disse ainda que o caso está quase solucionado, um dos presos confessou o crime, mas a polícia não divulgou o nome para não atrapalhar nas investigações.