Manaus – Um capitão da Polícia Militar Julio Siqueira Viana,  de 42 anos, foi preso na manhã desta quarta-feira (2), acusado de ter atirado diversas vezes durante um aniversário dentro de um bar no Conjunto Hileia, bairro Redenção na Zona Centro-Oeste de Manaus.  O caso ocorreu por volta de 1h30. 

Segundo o filho do proprietário do bar, Diego Reis, de 30 anos, o PM chegou ao local em um carro particular acompanhado por uma mulher. Atrás dele, chegaram outros dois veículos da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam).

“O policial estava aqui, do nada surtou e saiu atirando pra tudo que é lado. Surtou! Acertou dois amigos meus e outro que levou um tiro de raspão. Cedemos o espaço para o músico da casa, e ele era convidado do músico”, comentou.

Duas vítimas foram baleadas na região do abdômen, e a terceira pessoa ficou ferida na mão, com um tiro de raspão.

Com o tiroteio, duas pessoas seguraram o PM. “Único momento em que a gente tocou nele foi esse, para impedir que algo mais ocorresse. Tomaram a arma dele e ele saiu correndo”, completou.