Amazonas – Durante fiscalização na noite do último sábado (05), no porto de Coari (a 363 quilômetros de Manaus), os policiais da Base Fluvial Arpão prenderam seis infratores com 103 quilos de maconha do tipo skunk armazenados em malas. O grupo viajava de Juruá com destino à capital amazonense. Eles vão responder pelo crime de tráfico e associação para o tráfico de drogas.

A apreensão representa um prejuízo de mais de R$ 2 milhões ao crime. A droga foi localizada com ajuda da cadela Zoe, da Companhia Independente de Policiamento com Cães (Cipcães), da Polícia Militar do Amazonas. As malas contendo o entorpecente pertenciam a quatro mulheres e dois homens, que aparentemente não tinham relação de parentesco. Uma das mulheres estava com a filha, de apenas cinco anos. A criança foi entregue ao Conselho Tutelar de Coari.

Com informações da Assessoria.