Manaus – Na manhã desta quarta-feira (11), o delegado Costa e Silva, titular do 4° Distrito Integrado de Polícia (DIP) falou durante coletiva de imprensa realizada às 9h30, no prédio da unidade policial, sobre o cumprimento a mandado de prisão preventiva por tentativa de latrocínio em nome de Bejamin Neto Glória da Silva, 21, e Luan Daniel Hiuaraqui da Silva, 20. A dupla é envolvida em roubo de celular ocorrido no dia 12 de novembro deste ano, na rua Desembargador Felismino Soares, bairro Colônia Oliveira Machado, zona sul da capital.

De acordo com o delegado Costa e Silva, titular do 4º DIP, Bejamin foi quem cometeu o roubo junto com um adolescente, que ainda está sendo investigado, mas Luan havia emprestado a moto dele para Bejamin praticar o delito. No dia do crime, em posse de uma arma de fogo, o indivíduo subtraiu o celular da vítima, uma jovem de 20 anos e efetuou disparo contra ela. Em seguida, o infrator subiu na moto e fugiu do lugar com o adolescente.

“A vítima foi socorrida e encaminhada a uma unidade hospitalar da capital, onde passou alguns dias internada e depois recebeu alta médica. Durante as investigações em torno do caso, localizamos a motocicleta e identificamos que Luan era o proprietário. Durante a abordagem, ele disse ter emprestado a moto à Bejamin, que praticou o roubo”, relatou Costa e Silva.

O titular do 4º DIP explicou que, após obter as informações sobre os envolvidos no crime, representou à Justiça o pedido das prisões de Bejamim e Luan. A ordem judicial foi expedida no dia 14 de novembro deste ano, pelo Juiz Yuri Caminha Jorge, no Plantão Criminal.

Prisões – Ao longo das diligências, a equipe da unidade policial localizou Bejamin, que foi preso na rua El Salvador, comunidade Nova Cidade, bairro Cidade Nova, zona norte da capital. Já a ordem judicial em nome de Luan foi cumprida no prédio do 4º DIP, após ele comparecer, espontaneamente, na unidade policial para prestar esclarecimentos.

Procedimentos – Bejamin e Luan foram indiciados por tentativa de latrocínio, ao término dos procedimentos eles serão levados para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis.

Veja vídeo