Manaus – Na tarde desta sexta-feira (24), policiais da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), deflagram a operação “Lupanar”, que resultou nas prisões em flagrante de Denise Cristina Ferreira de 31 anos, Erika Pereira Fontenelle de 30 anos e do corretor de imóveis Sebastião da Silva Barbosa de 50 anos, por exploração sexual de adolescentes.

De acordo com a delegada titular da DEPCA, Joyce Coelho, a operação foi deflagrada em uma casa de massagem localizada na Rua 8, bairro Parque Dez de Novembro, Zona Centro-Sul da cidade, onde ocorriam explorações sexuais de adolescentes. No lugar, a polícia resgatou três adolescentes, sendo duas de 16 anos e uma de 14 anos.

A delegada ainda informou que vinha investigando o lugar há cerca de dois meses, após denúncias anônimas informando que naquele endereço funcionava uma casa onde havia exploração sexual de menores de idade, e que na hora do flagrante, todas as menores estava uniformizadas como se fosse “troféus” da casa.

No local, a polícia ainda apreendeu cerca de R$270 em dinheiro vivo, 17 celulares, duas maquininhas de cartão de crédito e débito, e até mesmo o livro de contabilidade do lugar.