Policiais civis da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), sob a coordenação da delegada-geral Emília Ferraz e do delegado Aldeney Goes, titular da unidade policial, prenderam, em flagrante, no início da noite de segunda-feira (09/03), por volta das 18h, Gilmar Almeida Martins, 46, pela receptação de parte de matéria-prima desviada de uma empresa do ramo plástico, na primeira etapa do bairro Distrito Industrial, zona sul da capital. O material recuperado foi avaliado em cerca de R$ 300 mil.

Conforme Aldeney Goes, as diligências em torno do caso tiveram início após a representante da empresa formalizar Boletim de Ocorrência (BO) no prédio da Especializada. O delegado informou que o crime foi descoberto após ser realizado um inventário na empresa, que constatou o desvio de cerca de 180 toneladas de matéria-prima plástica, avaliada em mais de R$ 700 mil.

“Após tomarmos conhecimento do crime, iniciamos as investigações. Ao longo dos trabalhos policiais, conseguimos recuperar cerca de 46 toneladas do material em um galpão, na rua Letícia, comunidade Grande Vitória, bairro Gilberto Mestrinho, zona leste da cidade. Em continuidade aos trabalhos, localizamos também 22 toneladas do mesmo material em outro galpão, na rua Miguel Ribas, bairro Santo Antônio, zona oeste. Nesse local, efetuamos a prisão de Gilmar que estava responsável pelo lugar”, explicou Goes.

O titular da DERFD afirmou, também, que as investigações seguem em andamento para recuperar o restante do material, bem como identificar todos os envolvidos no delito.

Procedimentos – Conduzido ao prédio da DERFD, Gilmar foi autuado em flagrante por receptação qualificada. Ao término dos procedimentos cabíveis na Especializada, o indivíduo foi levado para audiência de custódia, no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da cidade.