A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), sob a coordenação da delegada-geral, Emília Ferraz, e dos delegados Sylvia Laureana e Carlos Alberto Alencar, titular e adjunto, respectivamente, por meio da equipe da 36ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Rio Preto da Eva, prendeu, nesta quarta-feira (25/03), Euflávio dos Santos Gomes, 27, um dos autores da morte do agricultor Ezaquiel de Almeida Silva, 38, no dia 29 de dezembro de 2019. O homicídio ocorreu no quilômetro 80, da AM-010, Ramal Francisca Mendes, Comunidade Agripino, naquele município.

O infrator foi preso em cumprimento de mandado de prisão preventiva, expedida pelo juiz Carlos Henrique Jardim, no dia 31 de dezembro 2019. Nesta quarta, os policiais conseguiram realizar a prisão de Euflávio no ramal Paraíba, quilômetro 3, zona rural de Rio preto da Eva (distante 57 quilômetros em linha reta da capital). De acordo com a delegada Sylvia Laureana, o infrator, desde o crime, permaneceu foragido e escondido em diversos ramais na mediação de Rio Preto da Eva.

Ainda segundo a delegada, o crime foi motivado por uma desavença antiga entre Euflávio e a vítima. “No dia do delito, Euflávio e um homem, identificado como Raimundo Siqueira, 43, que já está sendo procurado, estavam consumindo bebidas alcoólicas com a vítima. À noite, os dois infratores foram até a casa de Ezaquiel tomar satisfações de um possível ameaça que a vítima teria feito a eles, momento em que Euflávio, em posse de uma espingarda calibre 20, efetuou um disparo no agricultor que morreu no local”, informou Sylvia Laureana.

A titular da 36ª DIP disse, ainda, que as investigações em torno do caso irão continuar para localizar e prender Raimundo Siqueira, pelo envolvimento no crime.

Procedimentos – Euflávio foi indiciado por homicídio qualificado, ocultação do cadáver e corrupção de menor. Ele segue custodiado na 36ª DIP, à disposição da Justiça.

Tags: , ,