Polícia Civil prende dupla envolvida em triplo homicídio que aconteceu em março deste ano em Balbina - Portal CM7 - Notícias de Manaus e Amazonas

Adsense Responsivo

Polícia Civil prende dupla envolvida em triplo homicídio que aconteceu em março deste ano em Balbina

Postado por Rafael Damasceno - 28/05/2018 17:22    

Polícia – A Polícia Civil do Amazonas, apresentou na manhã desta segunda-feira (28), Alexsandro Campos da Costa, 43, conhecido como “Alex Padeiro”, e Márcio Orlan Silva de Jesus, 27, vulgo “Gordinho”, que estiveram envolvidos no triplo homicídio que aconteceu no dia 18 de março deste ano, no Distrito de Balbina, em Presidente Figueiredo.

A frente dos trabalhos estiveram os delegados Guilherme Torres, Juan Valério e Jeff David Mac Donald.

O crime ocorreu por volta das 3h, em um sítio situado no quilômetro 49 da rodovia AM-240, na estrada do Distrito de Balbina. Entre os mortos, estava Alexandre Campos Lemos, o “Ala”, um dos homens de confiança do narcotraficante João Pinto Carioca, conhecido como “João Branco”. A vítima tinha 37 anos. Outros dois homens, sendo um de 48 e o outro de 39 anos, foram executados.

“Alex Padeiro” teria fornecido a arma e ordenado que comparsas dele participassem ativamente do assassinato.

Domínio de Região – O delegado Juan Valério disse que a partir desse triplo homicídio, houve uma intensificação de ataques criminoso no Conjunto Amazonino Mendes, conhecido como “Mutirão”, no bairro Novo Aleixo, zona norte de Manaus.

“Existe uma disputa entre facções criminosas pelo domínio daquela região. Os traficantes cederam os soldados, carros e armas para efetuarem a execução de “Ala”. No decorrer das investigações, identificamos que 16 homens participaram do crime, sendo um deles Rodrigo Pinheiro de Souza, chamado de “Amaral”, que já foi morto, e Felipe Castro Sanches, conhecido como “2K”, que já está preso”, argumento Valério.

 

Foragidos – Juan Valério afirmou que outras 13 pessoas estão sendo procuradas por envolvimento no crime. São elas: Adriel Sampaio Encarnação, conhecido como “Cara de Pizza”; Aguinaldo dos Santos Fonseca, o “Careca”; Bruno Silva Souza, o “Soldado”; Edmar Pereira da Silva Neto, chamado de “Bity”; Menison Bezerra Gomes, chamado de “Topete”; Robson, conhecido como “Neguinho da Sesau”; Wesley Alexandre Duarte, o “Mascote”; Roque de Castro Pinto Júnior, chamado de “Ponga”; Eliel da Sesau, José Valdir de Souza Costa, e um indivíduo identificado apenas como “Bode”.

Outras duas pessoas, que não tiveram as identidades reveladas, também estão sendo procuradas pela polícia.

FOTO: ERLON RODRIGUES/PC-AM

 

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie nas Últimas Notícias
 
Aplicativo da Rádio CM7