MANAUS- Nesta segunda e terça-feira (10 e 11/03), a equipe de investigação da Delegacia Especializada na Apuração de Atos Infracionais (Deaai), sob a coordenação da delegada-geral Emília Ferraz e da delegada Elizabeth de Paula, cumpriu mandados de busca e apreensão em nome de dois adolescentes, uma menina de 15 anos e um menino de 17, pelo homicídio de Maykom Douglas Barros Dias, que tinha 15 anos. O crime aconteceu no dia 24 de janeiro deste ano, no bairro Novo Aleixo, zona norte de Manaus.

De acordo com a autoridade policial, a ação contou com o apoio da equipe de investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Os adolescentes foram apreendidos no mesmo bairro e zona do crime. Na ocasião da infração, a adolescente foi contratada por uma facção criminosa para atrair a vítima e levá-la até uma parada de ônibus, por volta das 22h, na avenida Camapuã, mesmo bairro e zona mencionados.

Conforme a delegada, ao chegarem no local, o adolescente de 17 anos passou em um veículo e efetuou disparos de arma de fogo contra Maykom, que veio a óbito no lugar. Segundo Elizabeth, o jovem tem envolvimento em outros dois homicídios, que ocorreram no dia 22 de setembro de 2019, na Comunidade Nossa Senhora de Fátima, bairro Tarumã, zona oeste da cidade, e tiveram como vítima Mayke David Lima de Lunas, que tinha 23 anos, e Luangelo Freitas dos Santos, que tinha 24 anos.

“Após o registro das ocorrências, a equipe de investigação da DEHS iniciou uma investigação para identificar o autor dos crimes, e durante o levantamento identificou os adolescentes, mas a garota só tem envolvimento no homicídio de Maykom. As informações foram repassadas à Deaai, onde representei a justiça a apreensão deles”, informou Elizabeth de Paula.

Segundo a titular da Especializada, em depoimentos o adolescente disse que havia tido um desentendimento com as vítimas assassinadas em setembro, e que matou Maykom porque recebeu ordens de traficantes.

De acordo com a delegada, os mandados foram expedidos no dia 6 de março, pelo juiz Eliezer Fernandes Júnior, do Juizado da Infância e da Juventude.

Procedimentos – Após os procedimentos na Deaai, eles serão encaminhados à Unidade de Internação Provisória (UIP), na avenida Desembargador João Machado, bairro Alvorada, zona centro-oeste de Manaus.