Manaus – Na tarde de segunda-feira, 22, uma esteticista de 40 anos registrou um Boletim de Ocorrência (BO), na Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECC), na zona Centro-Sul de Manaus, alegando que estava sendo agredida e mantida em cárcere privado pelo namorado que é policial.

A irmã da vítima contou que ela ligou para a esteticista no último domingo (21), pedindo socorro, relatou que estava sendo agredida pelo policial que estava embriagado e que ele a impedia de sair de casa. A imã também contou que a vítima já teria sofrido outras agressões do policial, e que também sofria ameaças de morte.

Os policiais militares foram até a casa do soldado, identificado apenas como “Atanásio”, localizada na Rua 197, núcleo 16, bairro Cidade Nova, após a denúncia. De acordo com o tenente da Rocam, o policial não foi preso porque a polícia não confirmou os crimes de cárcere privado e agressão.