PM é morto com tiro na cabeça durante assalto em loja; cenas fortíssimas

Por Alexandre em 5 de dezembro de 2020 às 12:10 | Atualizado 5 de dezembro de 2020 às 12:10

Morreu na noite de sexta-feira (5) o cabo da Polícia Militar Derinaldo Cardoso dos Santos, que tentou impedir um assalto a uma loja no centro de Mesquita, na Baixada Fluminense. Ele foi atingido por um tiro na cabeça disparado por um criminoso.

Derinaldo, de 34 anos, trabalhava no 20º Batalhão e chegou a ser levado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI) em estado gravíssimo e passou por uma cirurgia de emergência. Ele estava internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) da unidade e não resistiu aos ferimentos.

O cabo Cardoso, que completaria dez anos na corporação no próximo mês, deixa esposa e dois filhos.

Outra pessoa que estava na loja chegou a ser baleada na coxa, mas foi medicada e recebeu alta.

De acordo com a Polícia Militar, os bandidos fugiram e chegaram a roubar um veículo da prefeitura da cidade, levando os ocupantes reféns. Mais tarde, eles foram liberados e o carro abandonado pelos criminosos na Avenida Brasil, na altura de Realengo.

Um homem foi preso nos arredores da loja e levado para a 54º DP (Belford Roxo).

Ainda na noite de sexta, policiais militares receberam a denúncia de que a arma usada no crime estava escondida em uma localidade em Padre Miguel, na Zona Oeste do Rio. No endereço indicado, os agentes encontraram um revólver calibre 38 com numeração raspada e cinco munições.

Deixe seu comentário