Manaus: A Polícia Civil, conseguiu prender, Antônio José Monteiro, 45, conhecido como “Louro”; Maicon Ribeiro de Oliveira, 25, o “Pato”, e Sharlim Silva Charles, 18, chamado de “Gatinho”, em cumprimento a mandados de prisão preventiva por latrocínio.

De acordo com a autoridade policial, o trio é autor de caso de latrocínio que teve como vítimas Cristiano Cezar de Souza, Raimundo Marcelo Alves Moura e Jardel da Silva Ribeiro, que tinham, respectivamente, 38, 37 e 22 anos. As mortes ocorreram na noite do último dia 16 de fevereiro, no Rio Negro, nas proximidades da Praia da Lua e Comunidade Nossa Senhora de Fátima, zona rural de Manaus.

Felix declarou que na ocasião do crime, Maicon e Sharlim, em uma embarcação, interceptaram a lancha em que Cristiano, Raimundo e Jardel estavam, além de um homem de 38 anos, que sobreviveu à ação dos infratores, que tinham a intenção de roubar o motor de popa de 15 HP, da lancha das vítimas.

A dupla, utilizando uma arma de fogo, ordenou que as vítimas pulassem no rio. Dos quatro ocupantes da lancha, apenas um conseguiu nadar até a margem do rio e pedir socorro. Segundo o titular da Derfd, Antônio José forneceu a arma de fogo e a lancha para os dois comparsas cometerem o crime.

Mais detalhes serão repassados em coletiva de imprensa.