Amazonas – Mais um caso monstruoso que chamou a atenção, justamente na Semana de Combate a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, dessa vez no Município de Caapiranga, um homem foi preso suspeito de manter a mulher e os filhos em cárcere privado. De acordo com o Conselho Tutelar, denúncias anônimas, motivaram na ação que resultou na prisão do homem, na Comunidade Dares, Zona rural do município.

As informações que chegaram até o conselho, relatavam que o pai além de manter em cárcere privado a mulher, ele abusava sexualmente dos 5 filhos menores. Ao averiguar a denúncia, a equipe do Conselho Tutelar, com o apoio da Policia Militar, encontrou a família presa em uma casa abandonada em uma área de difícil acesso.

Dentro da residência, estavam as 5 crianças apresentando vários hematomas, o que indica que elas foram brutalmente espancada, inclusive apresentando cortes em todas as partes do corpo, que segundo relatos dos menores, foram feitos com tesouras e terçados. No local ainda foram encontrados uma polia e uma corrente de motosserra e um tronco de pau onde supostamente o agressor, conhecido como Ney do Dares, utilizava para espancar os filhos e a esposa.

De acordo com o Conselho Tutelar, ao serem perguntados sobre o paradeiro do pai da família, todos permaneceram em silêncio, foi então que um dos filhos de 15 anos respondeu: “Ele está escondido por aqui e pode estar nos ouvindo, temos medo que ele nos mate, pois já estamos sendo ameaçados de morte a muitos anos”. Relatou.

Durante o atendimento a família, o Pai, suspeito de cometer os abusos, chegou ao local, em uma canoa e em posse de uma espingarda calibre 20 com diversos cartuchos intactos. Ao ver os policiais, o homem ainda teria tentando reagir pegando a espingarda, mas foi detido pela polícia em seguida conduzido até a Distrito de Polícia de Caapiranga, onde deve permanecer a disposição da justiça.

Informações Erison Araújo