A Polícia Federal ao longo do dia todo de ontem (4), descobriu atividades fraudulentas que vinham se desenvolvendo em uma madeireira no Município de Rio Preto da Eva/AM. Equipe policial federal se deslocou até o estabelecimento a fim de verificar a ocorrência de atividades suspeitas e flagraram a possível prática de crimes de exploração ilegal de madeira, furto de Energia elétrica e falsidade ideológica.

O trabalho contou com o apoio da empresa concessionária de fornecimento de Energia elétrica, que confirmaram o furto de energia. Os policiais federais. identificaram que no local havia transformadores de eletricidade sendo utilizados para operar as máquinas de corte e processamento de madeira para posterior Comercialização.

Além disso, a documentação apresentada pela madeireira continha dados de volumetria e espécies vegetais divergentes daquelas encontradas no pátio da Empresa, indicando a possível prática de crime de falsidade ideológica.

Diante disso, um indivíduo de 29 anos de idade recebeu voz de prisão e foi conduzido à sede da Superintendência da PF nesta capital, onde a Autoridade Policial instaurou Inquérito Policial mediante Auto de Prisão em Flagrante, com Indiciamento do conduzido pela prática dos crimes supramencionados. A investigação criminal prosseguirá pelo prazo legal a fim de se esclarecer os fatos. Em todas as suas circunstâncias, com a identificação dos demais responsáveis. Com mais essa ação, a Polícia Federal, na semana do Meio Ambiente, cumpre. sua missão constitucional, reafirmando seu compromisso no combate aos crimes Ambientais na Amazônia.

Fonte: Policia Federal