Novos delegados são anunciados na DEHS após repercussão do ‘Caso Vitória’, em Manaus

Por Sthefane Campos em 23 de outubro de 2021 às 17:04 | Atualizado 23 de outubro de 2021 às 17:04

Manaus (AM) – Ricardo Cunha, Daniel Antony e Débora Barreiros, são os novos delegados escolhidos para assumir a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), em Manaus. O anúncio foi realizado pela delegada-geral da Polícia Civil, Emília Ferraz.

Após o afastamento do delegado-geral Charles Araújo, e das adjuntas Marna de Miranda e Marília Campelo da DEHS, que participaram das investigações do crime da morte do militar do Exército Brasileiro, Lucas Ramom Guimarães, a repercussão do caso dos donos do supermercado Vitória tem sido mencionado como o principal motivo das substituições.

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) emitiu uma nota esclarecendo que as substituições são medidas normais dentro dos departamento e delegacias.

O governador Wilson Lima, também se pronunciou sobre o assunto e ressaltou que a mudança dos delegados se trata de um procedimento comum da Delegacia Geral, que tem total autonomia para trocar as equipes quando achar necessário.

Wilson Lima negou ainda, qualquer tipo de suposição que aponte que a mudança tenha relação com as investigações do caso dos donos do supermercado Vitória.

Lembrando que os três delegados afastados, cuidavam das investigações do crime de grande repercussão, o “Caso Vitória”, que envolve o casal de empresários, donos da rede de supermercados, Joabson Agostinho Gomes e Jordana Azevedo, suspeitos de terem participação direta com o crime.

A delegada-geral, após ter confirmado os nomes dos substitutos, destacou que a portaria que trata da nomeação dos novos delegados da DEHS ainda não foi publicada, podendo ser na segunda-feira. “Enquanto a portaria não estiver publicada, ainda poderá haver alterações”, disse Emília Ferraz.

Leia mais: Caso Vitória: delegados são afastados da DEHS, em Manaus

 

 

Deixe seu comentário