anaus – Ana Caroline de Lima Pinheiro, 34, acusada de empurrar a amiga, Thayany Bruno de Souza, 23, do 4º andar de um dos prédios do Conjunto Viver Melhor II, no bairro Lagoa Azul, Zona Norte da capital, está em liberdade provisória concedida pelo Ministério Público.

Ela estava presa depois do incidente, mas negou as acusações.

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) determinou que a acusada comparecesse a cada 30 dias para informar e justificar atividades; ela está proibida de frequentar bocas de fumo e locais relacionados ao consumo de entorpecentes e afins; não manter contato com vítima ou testemunhas arroladas; proibida de se ausentar da comarca enquanto houver investigação e instrução processual do caso.