Campina Grande – Uma mulher de 31 anos foi presa, no último domingo (19), suspeita de matar a facadas o marido, de 40 anos, na frente dos filhos, no bairro Três Irmãs, em Campina Grande. A suspeita contou à polícia que planejou o assassinato depois de encontrar mensagens do marido para outra mulher em redes sociais.

Para ela, as mensagens evidenciou a traição. Ela chegou a enviar um áudio para uma amiga informando que iria cometer o crime: “Vou matar ele hoje. Pra ele aprender a não tirar onda com a minha cara, a não me trair”, diz um trecho da mensagem. “Eu vou pedir uma coisa a você, a minha mãe e a minhas irmãs. Vão me visitar [na presídio]”, disse a suspeita.

Vizinhos da família acionaram a polícia e tentaram espancar a mulher. A violência foi impedida com a chegada da viatura da Polícia Militar. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foi chamado, mas o homem já estava morto.

A suspeita foi levada para a Central de Polícia Civil; e a faca utilizada no crime, apreendida. A mulher passou por uma audiência de custódia na tarde da última segunda-feira (20), onde ficou decidido pela Justiça que ela ficará em prisão domiciliar, com base na justificativa de que a autora do crime tem filhos com menos de 12 anos com o ex-marido assassinado por ela

Ouça o áudio antes do crime 

 

Fonte: Capital AM