Matheus Medina, da redação 

Manaus – O MPF (Ministério Público Federal) negou o pedido de Habeas Corpus do traficante Cloves Fernandes Barbosa, irmão do narcotraficante e principal líder da facção criminosa FDN (Família do Norte), ‘Zé Roberto’. Os advogados de Cloves Fernandes solicitaram que o réu cumprisse o resto da sua pena em liberdade.

O subprocurador-geral Moacir Mendes de Souza, justificou a decisão tendo como base o a ficha criminal de Cloves, que é membro assumido da FDN. O irmão de Zé Roberto foi preso no ano de 2016 e condenado a 31 anos e nove meses de prisão, pelos crimes de organização criminosa e financiamento para o tráfico de drogas.

Cloves era conhecido como “O homem da pasta”, por ser o tesoureiro da FDN, ou seja, ele era o responsável por organizar o dinheiro arrecadado pela facção criminosa através do tráfico de drogas.